Número de refugiados na europa

Últimos dados sobre o número de refugiados na Europa,assim como o número de refugiados mortos por afogamento durante a fuga dos seus países.

A crise de refugiados na Europa é uma realidade impossível de ignorar.

Estes são os últimos dados estatísticos revelados pelas principais agências europeias e mundiais.

Número de refugiados na Europa em 2016

Os últimos dados divulgados pela Organização Internacional para as Migrações (OIM),sobre o número de refugiados na Europa;

  • Entre o dia 5 e 9 de Julho de 2016,mais de 3.500 migrantes e refugiados chegaram à Itália e Grécia.
  • Entre o dia 1 de Janeiro e 6 de Julho de 2016,, entraram na Europa, por via marítima, 230.885 migrantes e refugiados.
  • Durante o mesmo período, foram registadas pela OIM, quase três mil mortes de refugiados,durante a travessia marítima destinada à Europa.
  • Em 2015,foram registadas 1.838 mortes,durante os primeiros seis meses.
  • O principal país de origem dos mais de 230 mil refugiados que arriscaram a vida em barcos sobrelotados e mal equipados é a Líbia, seguindo-se o Egito.
  • A maioria dos salvamentos marítimos que foram registados este ano,ocorreram no canal da Sicília, ao largo de Itália.
  • Geralmente, os migrantes e refugiados que são resgatados, são transportados para os portos das ilhas de Sicília e Lampedusa e para as regiões de Calábria e Apúlia, no Sul de Itália.
  • Um terço de todos os pedidos de asilo na europa,foram feitos na Alemanha.

Número de refugiados na Europa em 2015

1.26 milhões de novos refugiados

Dados do EUROSTAT

  • Os dados do Eurostat para o ano de 2015,apontam para que quase um terço dos refugiados que chegaram à Europa são vindos da Síra.
  • O número de pessoas que se aplicaram para asilo na União Europeia em 2015,mais do que duplicou em relação a 2014.
  • Em 2015 atingiu-se o número recorde de 1.26 milhões de refugiados,de acordo com o EUROSTAT.
  • Os número de refugiados da Síria em 2015 na União Europeia foi de 362.775,correspondente a um terço do total.
  • De seguida estão o Afeganistão e o Iraque.

Veja a lista completa com todos os pedidos de asilo feitos em todos os países nesta página do EUROSTAT.

Refugiados mortos no Mediterrâneo em 2016

Perto de três mil refugiados morreram afogados no Mediterrâneo desde o início do ano.

Dados da Organização Internacional para as Migrações (OIM)/Julho 2016

  • Quase três mil migrantes morreram no Mediterrâneo entre Janeiro e Julho de 2016.
  • Este é o maior número de mortes registado num tão curto espaço de tempo jamais registado.
  • Pelo terceiro ano consecutivo atingiu-se o número de 3000 mortes,mas nunca se tinha atingido estes números ante do final do mês de Junho.
  • Cerca de 90% dos refugiados afogados,ocorreram na zona central do mar Mediterrâneo, entre a Líbia e Itália.
  • A grande maioria dos casos dos migrantes mortos são oriundos de países da África subsaariana.
  • A crise dos refugiados na Europa prolonga-se há mais de quatro anos.

Leia também;

Iniciativas de apoio aos refugiados na Europa 2016

Julho 2016-Leilão de apoio aos refugiados.

Cem personalidades internacionais ligadas às artes, doaram calças de ganga para um leilão de apoio aos refugiados que se encontram no continente europeu.

O leilão foi organizado pela Catawiki, e as receitas revertem a favor das operações com refugiados do Comité Internacional de Resgate.

Entre as celebridades estão Benicio Del Toro e Jeremy Irons, os cineastas Woody Allen e Pedro Almodóvar, os músicos Elton John, Mick Jagger e Tom Waits, ou as modelos Naomi Campbell e Claudia Schiffer.

Resgate de Refugiados

Guarda costeira italiana resgata 6.500 refugiados ao largo da Líbia

30 de Agosto 2016
  • A guarda costeira italiana anunciou ter resgatado cerca de 6.500 migrantes ao largo da Líbia neste dia.
  • Este foi um dos dias mais movimentados dos últimos anos no Mediterrâneo.
  • No dia anterior tinham sido resgatados “apenas” 1100 refugiados.