Início das Aulas 2016/2017 em Portugal

Informações sobre a data do início das aulas para o ano letivo 2016/2017.

O próximo ano letivo 2016-2017 tem o seu inicio nas escolas básicas e secundárias marcado entre os dias 9 e 15 de Setembro, voltando o calendário escolar a aproximar-se do que tem sido a prática nos últimos anos.

O despacho do novo calendário escolar foi publicado no dia 24 de Junho,pode ler o documento aqui.

Data do Início das Aulas 2016/2017 em Portugal

  • entre os dias 9 e 15 de setembro

Datas do Novo Calendário escolar 2016/2017 em Portugal

PeríodoInícioFim
1º PeríodoEntre os dias 9 e 15 de setembro 201616 de dezembro 2016
2º Período3 de janeiro 20174 de abril 2017
3º Período19 de abril 2017
  • 6 de junho de 2017 — para os alunos dos 9.º, 11.º e 12.º ano
  • 30 de junho de 2017  – pré-escolar
  • 16 de jul+nho de 2017 — para os alunos dos 5.º, 6.º, 7.º, 8.º e 10.º ano
  • 23 de junho de 2016 — para os alunos dos 1.º, 2.º, 3.º 3 4.º ano

Férias Escolares 2016/2017

Férias de Natal 2016

  • Entre 19 de Dezembro e 8 de Janeiro

Férias de Carnaval 2017

  • Entre o dia 27 de Fevereiro e 1 de Março

Férias da Páscoa 2017

  • Entre os dias 5 e 18 de Abril de 2017

Férias de Verão 2017

  • a partir de 6 de Junho de 2017 – para os alunos dos 9.º, 11.º e 12.º anos de escolaridade.
  • a partir de 16 de Junho de 2017 – para os alunos dos  5.º, 6º, 7.º, 8.º e 10.º anos de escolaridade.
  • a partir de 23 de Junho de 2017 – para os alunos dos 1.º, 2º, 3.º e 4º anos de escolaridade.

Datas do novo calendário escolar

Setembro marca a data do regresso às aulas para os milhares de alunos nas escolas de norte a sul de Portugal.

Famílias portuguesas vão gastar em média 455 euros no regresso às aulas em 2016

Fonte:Estudo Cetelem.

  • Os custos das famílias portuguesas com o regresso ás aulas em 2016 será, em média, 445 euros na compra de material e manuais escolares.
  • As despesas  podem variar consoante o ano de escolaridade dos alunos.
  • Em comparação com 2015,os portugueses deverão gastar este ano,menos 73 euros.
  • O mesmo estudo da Cetelem,indica que cerca de 90% das famílias portuguesas compram todos os anos novos livros escolares.

Regresso às Aulas: Intenções de compra das famílias portuguesas

Fonte:Estudo Cetelem.

As intenções de compra dos portugueses dos produtos para o Regresso às Aulas baixaram, de acordo com as conclusões de um estudo do Observador Cetelem.

No topo das prioridades estão os artigos de vestuário e calçado (78%),seguidas pela compra de equipamento e artigos de desporto (55%) e das despesas de educação,sem incluir o material escolar (46%).

Leia todos os detalhes deste estudo neste documento do Observador Cetelem.