Brexit: Portugal de olho nas empresas que queiram sair do Reino Unido

O Brexit pode vir a ser benéfico para a economia portuguesa.

O primeiro-ministro portugues António Costa está de olhos postos nas empresas que estão a pensar abandonar o Reino Unido devido ao resultado do referendo que determinou a saída daquele país da União Europeia.

Segundo o primeiro ministro,a saída do Reino Unido da União Europeia não irá beliscar as boas relações que existem neste momento entre Lisboa e Londres.

Em causa está o fuso horário que é o mesmo em Portugal e no Reino Unido e que poderá facilitar a recolocação de empresas a operar em Londres e penser ser vantajoso manterem-se a operar dentro do espaço da União Europeia.

António Costa considera que Portugal deve ser “dinâmico” no recrutamento de empresas que queiram manter o mesmo fuso horário dentro do espaço europeu.

Pode ler esta noticia desenvolvida no Jornal de Negócios.

Horas antes das afirmações de António Costa,a Vodafone anunciou publicamente a sua intenção de recolocar a sua sede europeia de Londres para outro local dentro da União Europeia.

Estima-se que a grande maioria das empresas com sede no Reino Unido estão a estudar seguir esse caminho no futuro.Tudo irá depender dos desenvolvimentos futuros do Brexit e dos acordos que forem feitos entre o Reino Unido e os 27 países que permanecem no seio da União Europeia.