Aumento das pensões em 2017

Últimas informações sobre o aumento das pensões em Portugal,no ano 2017.

Para quem procura saber se a sua pensão irá aumentar em 2017,ainda não foram tomadas medidas nesse sentido pelo Governo.

O ministro do Trabalho, Vieira da Silva,confirmou que haverá um novo aumento das pensões em 2017.

As pensões mínimas deverão ser aumentadas em 2017 e não estão previstos quaisquer cortes.

Aumento das pensões em 2017

Pensões até 628 euros aumentadas em 2017

O Governo tomou a decisão de colocar no Orçamento do Estado para 2017 ,um aumento para as pensões de valor até 628 euros mensais.

Este aumento terá em conta o nível da taxa de inflação.

Os aumentos serão baixos e oscilarão entre os 40 cêntimos e os 2,5 euros.

De acordo com esta noticia, este aumento nas pensões irá abranger cerca de 1,9 milhões de reformados,tanto da Segurança Social como da Caixa Geral de Aposentações.

Fonte:Dinheiro Vivo.

Vieira da Silva confirma novo aumento das pensões em 2017

Questionado sobre possíveis aumentos nas pensões para o ano 2017, o ministro entendeu não “adiantar aspetos particulares para 2017” mas anunciou que o Governo português “continuará a concretizar aquelas que foram as opções fundamentais desde início”que têm como objetivo a “recuperação de rendimentos dos portugueses”.

“O Governo já no ano anterior [2016], e ao fim de vários anos de congelamento, voltou a por em funcionamento o mecanismo normal de atualização de pensões”, afirmou o ministro José Vieira da Silva.

O ministro afirmou ainda que está esperançado em chegar a um acordo nesta matéria com os outros partidos que suportam o governo no parlamento,nomeadamente o BE, PCP e PEV.

Fonte:Expresso

CDS:Não há possibilidade de um aumento sustentável de pensões sem se verificar um crescimento económico

A líder do CDS,Assunção Cristas,afirmou que sem crescimento económico,não existe a possibilidade de aumentar as pensões de uma forma sustentável.

Assunção Cristas afirmou que defende que hajam aumentos das pensões em 2017,no entanto,afirmou também que neste momento não se verifica um crescimento na economia nacional suficiente para sustentar esse aumento.

CGTP: 2017 é “momento certo” para aumentar salários e pensões

Arménio Carlos fez um desafio ao governo para passar “à segunda fase” da reposição de salários e direitos dos trabalhadores e reformados portugueses.

Para aquele líder sindical, o Orçamento do Estado para 2017 é “o momento certo” para o aumento de salários e pensões.

Fonte:Esquerda.net.